sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Mestre HuiracochaNo dia 02 de novembro, nossa Igreja Gnóstica comemora 76 anos em nosso país, fundada oficialmente no ano de 1936.

A F.R.A. foi fundada em 1927 pelo médico e ocultista alemão Arnold Krumm-Heller (1876-1949), conhecido nos círculos esotéricos como Mestre Huiracocha, destacado iniciado da Ordem Martinista, da Ordre Kabbalistique de la Rose+Croix, do Antigo e Primitivo Rito de Memphis-Mizraim, da Hermetic Brotherhood of Luxor, da Societas Rosicruciana in Anglia, do Collegium Pansophicum e da Ordo Templi Orientis de Theodor Reuss, bem como Patriarca da Igreja Gnóstica por sucessão de Ernst Christian Heinrich Peithmann (Basilides).

No ano de 1905,0 Dr. Arnold Krumm-Heller — MESTRE HUIRACOCHA — fora iniciado por Papus (Dr. Gerad Encause) na Igreja Gnóstica, em Paris. Após ser sagrado Bispo da Igreja Gnóstica, iniciou os trabalhos gnósticos, aproximadamente, em 1906, usando o Ritual Gnóstico que lhe tora legado pelo Patriarca da Alemanha e da Austria, Dr. E.C.H. Peithmann (Patriarca Basilides), ficando o Mestre Huiracocha encarregado de levar os ensinamentos gnósticos aos países de língua espanhola e portuguesa.

Assim, iniciou-se, nesses países, o movimento gnóstico, liderado pelo M. Huiracocha, que viria, com a morte do Dr. Peithmann, a ser designado Patriarca da Igreja Gnóstica. para Alemanha e Austria.

No Brasil a Igreja Gnóstica  junto com a Fraternitas Rosicruciana Antiqua fundada ano de 1933 foi estabelecida na cidade de São Paulo. Só depois em 1936 que a Fraternidade veio se instalar no Rio de Janeiro – a Capital Federal na época.

No dia 01 de novembro de 1936 o Dr. Krumm-Heller chegou ao Rio de Janeiro, como passageiro do navio “General Artigas”, sendo recebido por números adeptos de várias organizações espiritualistas e muitos jornalistas, tendo se hospedado na casa do Irmão J. Nicolau Tinoco, em Copacabana.

Durante sua permanência no Brasil, realizou palestras científicas no Rio, São Paulo e em campos. No Rio consolidou a instalação da Igreja Gnóstica em 02 de novembro, celebrando a missa e três casamentos, sendo um deles o do Saudoso Dr. Duval Ernani de Paula – que viria a ser o 2º Comendador da FRA “Coaracyporã” – com a nossa saudosa Irmã Aida Rosa Viana de Paula.

Segundo o Mestre Huiracocha em sua obra “Igreja Gnóstica” toda religião existe um livro sagrado que é o conjunto de todos os ensinamentos e doutrinas. O que é o “Talmude para os semitas”, “o Bragavad Gita para os budistas”; “o Corão para os muçulmanos”, “ e a Bíblia para os cristãos”, assim é para nós os Gnósticos Rosa-Cruzes a “PISTIS SOPHIA”; que quer dizer Fé – Conhecimento, Fé – Sabedoria e está ligado a Alma.

A Pistis Sophia foi publicada em Latim em 1951. Ela se divide em 148 capítulos e em quatro grandes partes principais ou livros. Este livro tem como tema principal: A QUEDA E A ASCENSÃO DAS ALMAS E A REDENÇÃO ESPIRITUAL DO MESTRE JESUS.

A Igreja Gnóstica como seu próprio nome sugere, é a igreja do conhecimento. Conhecimentos os quais foram adquiridos pelos grandes pensadores através da observação do Universo, do Macrocosmo e do Microcosmo. Como por exemplo: Moisés, Jesus, Platão, Arquimedes, Basilides, Papus e muitos outros.

A esta Igreja Gnóstica Primitiva pertenceu o Patriarca Basilides, célebre Alquimista que deixou um livro de chumbo com sete páginas, que, segundo disse o Mestre Krumm HelIer, se conserva no Museu de kircher, no Vaticano. Este livro não pode ser entendido pelos arqueólogos, porque é um livro de ciência oculta.

No ano de 1945 alguns manuscritos foram encontrados no alto Egito e recebeu o nome de Nag-Hammadi. E estes manuscritos encontrados foram da época de 400 D.C., e hoje encontram-se em um acervo de livros formados pelos manuscritos e se chama de Biblioteca de Nag-Hammadi, estes manuscritos junto com a Pistis Sophia constituem hoje a fonte do conhecimento gnóstico antigo.

Os devotos da Igreja Gnóstica reúnem e provocam através de seu Ritual Dominical, a precipitação da “Grande Força do Invisível” e que ao mesmo tempo está em nós e no Universo. Esta Força é o “Chrestus Convosco”, evocado em certa parte do ritual. E para isso, se utiliza de evocações e invocações Mágicas através de sua liturgia própria.

Os nomes sagrados, os símbolos, e os mantrans que são entoados durante a missa, são as “Chaves para abertura dos mundos espirituais”, ao mesmo tempo abre os mundos internos de nosso templo – corpo e os mundos espirituais vindos fora do tempo e do espaço.

O Mestre Huiracocha diz o seguinte: "Primeiro é peciso ver interiormente as coisas espintuais e depois tem-se que escutar o Verbo ou palavra divina para ter nosso organismo espiritual preparado para a Intuicão.

"Primum inteiligere, deinde crendere" (Primeiro compreender, em seguida crer)

E quais seriam os objetivos essenciais da Igreja Gnóstica?

1. Como seu próprio nome sugere; seria o de levar o conhecimento e a revelação gradativa de todos os ensinamentos que foram adquiridos pelos grandes Mestres pensadores do universo. Os quais deixaram sua colaboração para o aperfeiçoamento, MORAL, FÍSICO E ESPIRITUAL DO HOMEM.

2. Tem como objetivo, fazer com que os homens através deste ritual pudessem encontrar a si mesmo pelo silêncio interno. Pois, de uma certa maneira, neste momento da Missa nós ficamos quietos e em silêncio interno, tentando nos concentrar no que o sacerdote diz e faz no Altar. E consequentemente, estamos fazendo uma comunhão com DEUS e os Mestres Espirituais.

3. A Igreja Gnóstica é a Igreja Cristã Esotérica, é a Igreja do Conhecimento. Estudamos a parte essencial, purificada e sagrada de todas as coisas; observamos a natureza dentro de suas múltiplas mudanças para ver a mão de Deus manifestada em tudo; buscamos a quintesséncia escondida em tudo quanto existe; admiramos as pedras, as árvores, o bruto e o homem.

4. De nada nos serve saber que o Cristo tenha nascido em Belém, enquanto não nasça também em nossos corações. Dentro de nós, dentro de toda a criatura está Deus Todo Poderoso e seu Poder se manifesta relativamente em nós quando estamos identificados com Ele.

5. A Igreja Gnóstica é de origem Divina; seus Mistérios foram revelados segundo a tradição pelos Santos Mestres de maneira distinta segundo a raça e o lugar, sendo só variáveis na forma, porém idênticos em Substância.

Para a Ecclesia Gnostica do Brasil ( EGB ), o sentimento religioso existe desde a mais remota antiguidade cultural.

A função precípua da Ecclesia Gnostica do Brasil, exercida em seu âmbito, é contribuir para o despertar da Chispa Divina, imanente em todos os seres humanos, visando a conduzi-los à "Fonte-de-toda-a-Vida"; busca também contribuir para a condução dos seres humanos à verdadeira irmandade religiosa, em conformidade com o trabalho cooperativo gerado para produzir o aperfeiçoamento espiritual, moral e social da comunidade humana.

Suas atividades baseiam-se na tradição gnóstico-esotérica de todos os povos.

A EGB permite a mais ampla liberdade de consciência a todos quantos se proponham a evoluir na Senda Mística, pois motiva seus membros à mais rigorosa tolerância para com todos que busquem a realização espiritual plena.

Considera-se gnóstico o estado mental em que se adquire a compreensão consciente proveniente dos estados espirituais vivenciados.

A Igreja Gnóstica realiza todos os domingos atividades pubicas que são:

Missas: a partir das 09:00hs abertas ao publico.

Realiza também casamento Gnóstico,bençãos nupciais e batizados com liturgia própria.

Rua Saboia Lima, 77 Tijuca - Tel.: 21- 2254-7350
  Rio de Janeiro – RJ Cep: 20521-250. 
Home page:
http://www.fra.org.br/  E-mail: fraternitas@fra.org.br

0 comentários:

Tradutor

Tecnologia do Blogger.

Seguir por E-mail

Seguidores